O corpo sempre fala

Ouvir o próprio corpo é o caminho para a saúde plena.

O corpo fala por meio de gestos, de formas e de ações. Quando o paciente entra em nosso consultório, ficamos atentos para toda a comunicação corporal. Percebemos o tom da voz, a expressão facial, o direcionamento do olhar, a postura física e tudo mais que nos dê indícios de como a pessoa está se sentindo. Nossa intenção é cuidar do ser humano como um todo e orientar quem nos procura para a melhor qualidade de vida possível.

 É claro que nosso foco principal é o cuidado das doenças neurológicas, mas o corpo é indivisível. Portanto, interessa-nos saber do funcionamento de todos os órgãos, bem como quaisquer medicamentos que o paciente faça uso. Às vezes um problema no estômago, por exemplo, pode afetar a absorção da vitamina B12 e isso interferir no sistema nervoso central e periférico. O mesmo ocorre com outros sistemas fisiológicos e ficamos atentos para essas situações. Inversamente, uma medicação que prescrevemos para um problema neurológico pode depender do funcionamento dos rins ou do fígado e sua dose deve ser ajustada de acordo.

Os hábitos de vida também influenciam a atividade cerebral. A prática regular de atividade física é benéfica para o cérebro e comprovadamente diminui o ritmo de atrofia do cérebro pela idade e por doenças como o Alzheimer. Além disso, os exercícios aeróbicos regulam o sistema de dor e também a imunidade. Quando tratamos alguém com enxaqueca, dividimos a responsabilidade do resultado com o paciente que deverá fazer ginástica para melhorar suas dores.

O sono é assunto de interesse para o neurologista, tanto pelas doenças própria do sono que tratamos, como pelo efeito que o ciclo sono-vigília tem no cérebro. Apnéia do sono, pesadelos, insônia e outros problemas são investigados e tratados por nossa especialidade. Além disso, quando cuidamos de algúem com problemas de aprendizado, orientamos o regime de sono adequado porque sabemos também que o cérebro fixa memórias do dia durante a noite bem dormida.

Compreendendo a unidade do corpo, direcionamos nossos pacientes para um nível de saúde mais amplo, mais elevado e mais pleno. Quanto mais cultivamos a saúde, mais nos afastamos das doenças.

 

Back to top